Exame obrigatório para alunos do Ensino Médio

De acordo com um projeto de lei que somente precisa ser votado por comissão o Enem – Exame Nacional do Ensino Médio poderá ser obrigatório para todos os estudantes de segundo grau. Este que se for aprovado em votação deverá ser iniciado dentro de no máximo 60 dias após a votação.

De acordo com o senador Aníbal Diniz (PT-AC), deverá ser garantido para todos os candidatos concluintes de ensino médio, se tornando obrigatório em sistemas de avaliação de ensino médio a realização do Enem juntamente com a colaboração de sistemas de ensino.

ENEM 2019
Educação para Ensino Superior

Por toda a qualidade pedagógica e ainda a construção de uma política estatal, o ENEM merece sim ser valorizado como um instrumento de avaliação para o ensino médio no Brasil que tem sido tão defasado de alguns anos para cá.

Para realizar a inscrição no Enem 2019, basta acessar o site do INEP e seguir o passo a passo.

A mudança de realização do Enem

A partir de 2009 o Enem começou a ser utilizado em processos de admissão para universidades federais. Várias instituições de ensino privados também puderam aderir ao sistema. Desde o ano de 2010 as notas foram consideradas para se obter créditos através do Fies (Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior) com isto o exame passou a servir para os usuários como certificação de conclusão do ensino médio em cursos para educação de jovens e adultos, os chamados EJA.

Os relatores, preocupados com as propagandas enganosas realizadas por escolas de segundo grau que selecionam os melhores alunos para realizar o Enem, incluiu um dispositivo que proíbe qualquer tipo de instituição de ensino participante do Enem a estabelecer critérios ou mesmo qualquer outro tipo de descriminalização que possa assim dificultar a participação dos alunos nas realizações dos exames requeridos.

Uma grande fatia de escolas se aproveita dos caracteres voluntários do exame para escolher alunos que devem se submeter as provas, e por este motivo deverão divulgar níveis de qualidade de ensino quando na verdade eles não são reais, e isto deverá mudar.

Para se ter uma ideia ao todo mais de 101 instituições em todo o Brasil públicas de educação superior selecionam através destes sistemas no primeiro semestre de 2018 alunos para ingressar em ensino superior.

Deixe um comentário