Veja como é cobrado o Imposto Automotivo no seu estado

IPVA – O imposto é cobrado pela Secretaria de Estado da Fazenda de cada estado do Brasil, 50% do valor recolhido é destinado para o município onde o veículo foi licenciado e a outra parte vai para o Estado.

Esse imposto recolhido é aplicado em asfaltos, faixas de pedestres, semáforo, rodovias para ciclistas, radares e infraestrutura para as rodovias dos Estados onde é bastante utilizado por caminhoneiros no transporte de carga.

Se você está com dúvidas em relação a como funciona a cobrança desse imposto, basta a acompanhar os tópicos abaixo onde contém algumas instruções para o proprietário. Confira já!
IPVA 2019

Alíquotas IPVA RJ

A Secretaria de Estado de Fazenda do Rio de Janeiro, fica responsável em definir o valor do IPVA Rio de Janeiro, sendo diferente para cada tipo de automóvel, contando o tempo de utilização e modelo do veículo. Quem define a alíquota será utilizada como referência na cobrança do imposto é o Estado.

Não foram alteradas as alíquotas do IPVA 2019, são cobrados 4% do valor venal aqueles proprietários de veículos movidos a gasolina ou álcool e veículos que utilizam exclusivamente álcool, eletricidade ou gás, mesmo que seja todos combinados no mesmo, terão à alíquota de 3%. Já os donos de picapes cabine dupla serão cobrados 4%, os de cabine simples, ônibus, micro-ônibus, motocicletas, motonetas, quadriciclos recolhem 2% sobre o valor venal e os caminhões pagam 1,5%.

Como realizar o pagamento IPVA

Em são Paulo os níveis de carros, motos, caminhões e ônibus no capital continua crescendo nos últimos anos. A frota do capital paulista chega a 8 milhões de veículos, o número de novos emplacamentos diários feitos pelo Departamento Estadual de Trânsito (Detran) vem aumentando bastante o cada ano que passa. Sabemos que todo proprietário de veículos deve pagar esse imposto, é dever de todo cidadão pagar impostos e é dever do governo prover estradas decentes.

Algum proprietários ainda tem diversas dúvidas sobre o pagamento desse imposto, você que mora no estado de São Paulo, efetuar o pagamento do IPVA São Paulo poderá ser de duas formas dependendo das condições que o proprietário achar melhor, podendo ser feito o pagamento à vista, na data do primeiro pagamento você terá um desconto de 3% sobre o valor total. O Outro meio é parcelar em três vezes o pagamento do seu tributo, sendo que você não terá o benefício do desconto.

Os donos de veículos devem acessar o site da Secretaria da Fazenda de SP no endereço:

  • fazenda.sp.gov.br.

Após entrar no site, clique em ‘Vencimentos’ ao lado esquerdo da tela, no quadro superior de cor cinza, para saber a data de vencimento do seu IPVA SP, lembrando que a falta de pagamento automaticamente irá torna seu veículo irregular e estando sujeito a sanções penais, tributárias ou administrativas previstas em lei.

Consulta IPVA

Cada estado é responsável por determinar a alíquota que será paga o valor do imposto, em Minas Gerais, o proprietário de um veículo automotor paga anualmente um valor equivalente a 4% do valor venal do veículo, onde está entre as alíquotas mais caras cobradas no Brasil.

O pagamento IPVA Minas Gerais deve ser efetuado entre janeiro e março, nas datas de vencimentos de cada parcela ou pagamento à vista conforme o número final da placa do veículo.

Os proprietários devem consultar o valor e gerar o boleto do seu IPVA MG das seguintes formas:

  • Acesse o site www.fazenda.mg.gov.br;
  • Informe o número do seu “RENAVAM”;
  • Selecione o Ano;
  • Clique em “Continuar”.

Com o boleto, o pagamento poderá ser feito em qualquer instituição bancária sendo elas, Banco do Brasil, Mais BB, Banco Postal, Bradesco, Itaú e outros bancos que poderão ser in formados através da página do Detran Minas Gerais onde contém toda orientação de forma detalhada e simplificada os contribuintes que precisam tirar dúvidas.

Com todas essas informações você poderá usufruir do seu veículo sem preocupação basta está em dia pagando seu imposto na data correta, para não acarretar juros e até multas. Boa Sorte!

Saiba quais são os requisitos para ser bolsista

O ProUni é um programa do ministério da Educação de Universidade Para Todos, que fora fundado afins de conceder bolsas de estudo integral ou parcial de instituições privadas ou públicas para os candidatos que tomou uma nota classificatória no ENEM. Ou seja, o ProUni oferece bolsas de 100 ou 50% para os candidatos que obteve uma certa porcentagem estabelecida pelos cursos para passar.

Para isso é preciso que o mesmo estude bastante para o Exame Nacional do Ensino Médio, pois é através dele que estudantes brasileiros sem diploma de nível superior poderá se ingressar em uma instituição de ensino superior, em cursos de graduação e sequencial de formação específica.

Abaixo você poderá compreender um pouco mais de como realizar a sua inscrição no ProUni e de quais são os requisitos para que você possa realiza-la.

Requisitos para ser bolsista do Prouni

Poderá participar do Programa Universidade Para Todos os estudantes brasileiros que não possuem um diploma de algum curso de educação superior. Além disso precisam atender alguma das opções abaixo. Veja:

  • Ter cursado o ensino médio completo em escola da rede pública;
  • ter cursado o ensino médio completo em escola da rede privada, na condição de bolsista integral da própria escola;
  • Ter cursado o ensino médio parcialmente em escola da rede pública e parcialmente em escola da rede privada, na condição de bolsista integral da própria escola privada;
  • Ser pessoa com deficiência;
  • Ser professor da rede pública de ensino, no efetivo exercício do magistério da educação básica e integrando o quadro de pessoal permanente da instituição pública e concorrer a bolsas exclusivamente nos cursos de licenciatura. Nesses casos não há requisitos de renda.

Para concorrer às bolsas integrais o candidato deve ter renda familiar bruta mensal de até um salário mínimo e meio por pessoa. Para as bolsas parciais de 50%, a renda familiar bruta mensal deve ser de até três salários mínimos por pessoa.

Lembre-se que as vagas no Prouni 2019 são muito concorridas, por isso, você deve se preparar muito e assim realizar a inscrição para o programa.

Inscrição ProUni

Para realizar a sua inscrição no PROUNI 2019 é preciso que você tenha feito o Exame Nacional do Ensino Médio no ano anterior, ou seja, no ano de 2018. Feito isso o candidato terá que entrar no site da instituição a seguir

É por meio desse site que você poderá se inscrever e ter acesso ao login do sistema. Dentro dele, você encontrará logo na página principal a opção “Já sou cadastrado” que só é inserir os seus dados e clicar em entrar para ter acesso ao sistema.

Outra opção é do “Primeiro acesso” no qual serão requisitados o CPF, o número de inscrição no Enem 2018 e a senha cadastrada no site do Enem.

Geralmente as inscrições para o ProUni são abertas no início do ano no final de janeiro. Dentro dele você poderá escolher por ordem de prioridade, até duas opções de cursos de seu interesse em uma ou mais instituições pública ou particular e o tipo de bolsa (integral ou parcial).

Além disso, o candidato poderá alterar suas opções de curso e de instituição, sendo assim será considerada válida a última opção da inscrição realizada.

Após da realização da prova do ENEM será avaliado os candidatos obteve as melhores pontuações do Exame. Caso ocorra empate entre os candidatos o critério de avaliação para os mesmos será julgado pelo sistema.

Sabendo disso, caso você estiver apto aos requisitos para ser bolsista do Prouni realize a sua inscrição no período que estiver aberto e tente passar em alguma instituição. Boa Sorte!!

Vestibular de Santa Catarina

A Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) informou que as inscrições para o Vestibular UFSC 2019 serão abertas ainda no mês de setembro. De acordo com a instituição os candidatos interessados terão à disposição mais de 4 mil vagas.

Segundo as informações divulgadas no edital, as inscrições deverão ser realizadas via Internet, no site www.vestibular2013.ufsc.br, entre os dias 25 de setembro e 24 de outubro de 2018. A taxa custa R$ 105,00, sendo que para os cursos de Pedagogia e Licenciatura, ela tem o valor de R$ 52,00.

Vestibular 2019
Vestibular de Inverno

Serão 4.216 vagas voltadas para 86 cursos.

As provas estão previstas para serem aplicadas em três dias: 15, 16 e 17 de dezembro, nas cidades de Florianópolis, Biguaçu, Santo Amaro da Imperatriz, Itajaí, Jaraguá do Sul, Palhoça, Araranguá, Blumenau, Brusque, Joaçaba, Joinville, Lages, São José, São Miguel do Oeste, Rio do Sul e Tubarão.

Vestibular UFSC – Inscrições

Todos os anos milhares de estudantes se preparam para os vestibulares de universidades públicas, com o objetivo de angariar uma vaga tão desejada em uma instituição conceituada.

A Universidade Federal de Santa Catarina está com inscrições abertas para o preenchimento de 6.511 vagas em mais de 90 cursos e a grande novidade é a porcentagem de cotas oferecidas nos cursos, ou seja, no ano passado era de 30%, neste ano será de 35% (trinta e cinco por cento).

As vagas são oferecidas nos seguintes cursos de bacharelado e licenciatura: Engenharia de Materiais, Engenharia Têxtil, Engenharia de Controle e Automação e Licenciaturas em Matemática e Química

Os aprovados no Vestibular 2019 serão informados quanto o prazo para realização das inscrições, assim que divulgada a relação oficial com nome dos aprovados nas avaliações.

Reajuste previsto para programas sociais

O valor do benefício Bolsa Família sairá ainda no primeiro semestre do ano, está programado para sir no mês de junho. São milhares de famílias beneficiadas com o programa, que saíram do estado de extrema pobreza no país. A meta da Ministra do Desenvolvimento Social de Combate a Fome Tereza Campello é aumentar o número de beneficiários do programa. O Bolsa Família é destinado para famílias cuja renda é de R$ 140,00 por pessoa sendo que o valor do benefício varia entre R$ 22,00 podendo chegar até R$ 200,00 dependendo da família e o número de habitantes.

Resultado de imagem para bolsa familia

Aumento do Bolsa Família

A partir do dia primeiro de junho o valor do Bolsa Família terá um aumento de 10%, portanto passará de R$ 70,00 para R$ 77,00. O benefício atinge 36 milhões de pessoas que ficarão fora do estado de extrema pobreza por causa do Bolsa Família. Outros benefícios do Bolsa Família também serão reajustados acompanhando o índice, portanto o valor pago por gestante, nutriz, criança ou adolescente até 15 anos de idade sobe de R$ 32 para R$ 35, até o limite de R$ 175 mensais por família. Já o benefício variável vinculado ao adolescente até 17 anos passa de R$ 38 para R$ 42 mensais, até o limite de R$ 84 mensais por família.

Valor mensal pago pelo Bolsa Família

As famílias que recém o benefício para sair da situação de extrema pobreza passará de R$ 216,00 por mês para R$ 242,00, sendo que o valor a ser pago por família poderá variar dependendo de cada caso. O programa do Governo Federal tem ajudado milhares de famílias a colocarem alimentos a mesa, pois o mesmo engloba inúmeros benefícios junto às comunidades carentes as cidades. Se você é um beneficiário do Bolsa Família poderá contar com o aumento de 10% a partir de junho de 2019.

Pagamentos da Previdência Social

O pagamento do INSS é possível garantir a aposentadoria no futuro, com este dinheiro é possível garantir um reforço no orçamento da casa.

O pagamento do INSS pode ser feito de forma simples, para isto basta:

  • Realizar a inscrição no PIS (Programa de Integração Social);
  • Escolher o tipo de contribuição;
  • Inserir as informações da Guia da Previdência Social (GPS);
  • Pagar a Guia.

Através da segunda declaração é mais simples, pois já foi decidido o tipo de contribuição e também já foi calculado o valor que será pago além da inscrição do PIS.

Confira também sobre a Tabela INSS 2019 e fique por dentro de tudo!

Como saber se posso contribuir

O pagamento da Guia da Previdência Social (GPS) só é feita, quando a pessoa é autônoma, e trabalha por conta própria e presta serviço para pessoa física. Desta forma o contribuinte realizará a inscrição como contribuinte individual, lembrando que o valor da contribuição irá mudar de acordo com o seu tipo de contribuinte, além disso, isto altera também o seu tipo de aposentadoria, seja somente por idade ou por tempo de serviço e idade.

O Microempreendedor Individual (MEI) também realiza o pagamento do INSS, no entanto, para ele existem algumas mudanças nas regras – sendo o pagamento incluso no valor mensal obrigatório para todo MEI.

O site do Portal do Empreendedor possui todas as informações, acesse em:

  • http://www.portaldoempreendedor.gov.br/mei-microempreendedor-individual/beneficios/cobertura-previdenciaria-1

Pagamento do INSS

A Guia da Previdência Social (GPS) pode ser paga pela internet. Diante disso o recolhimento do INSS pode ser feito diretamente pelo Internet Banking CAIXA, desde que o cliente possua assinatura eletrônica de acesso.

Para saber a data correta de realizar o pagamento do INSS você pode conferir a Tabela do INSS 2019.

Para maiores informações acesse:

http://www.caixa.gov.br/pj/pj_comercial/mp/solucoes_pagamentos/pagamento_inss/gps_internet.asp

Outra opção é fazer o pagamento da Guia da Previdência Social (GPS) pelo Autoatendimento. Com isto ele pode ser recolhido nas salas de autoatendimento instaladas nas agências da CAIXA, com cartão magnético.

E por fim a Guia da Previdência Social (GPS) pode ser paga nas Casas Lotéricas, porém, as contribuições podem ser realizadas até o limite máximo de R$ 1.000,00, em horário diferenciado do atendimento bancário.

Motoristas Mineiros já podem emitir o DPVAT

O IPVA 2019 MG é o imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores, esse imposto deve ser pago anualmente, porém todos estão sujeitos a falhas, contratempos e esquecimentos, por esse motivo muitas pessoas acabam atrasando o pagamento do seu IPVA. IPVA 2019 MG atrasado, o que fazer? Essa é a dúvidas que vamos te ajudar a resolver hoje, acompanhe as informações que preparamos e saiba como proceder e o que fazer com IPVA 2019 MG atrasado, para que possa regularizar  essa situação.

IPVA 2019
Veículo sendo abastecido com combustível

Quando o DPVAT Atrasa…

  • Atrasar o pagamento do seu IPVA 2019 MG gera algumas consequências, inicialmente o primeiro é a perca do desconto que você recebe quando o pagamento é efetuado dentro do prazo estabelecido, outro problema que você terá com esse atraso é o fato do seu veículo ficar irregular devido ao não pagamento do imposto.
  • Estando então nessa situação de atraso o correto é não circular com o seu veiculo, pois isso pode gerar uma multa de R$191,54, apreensão do veículo e ainda a perca de 7 pontos na carteira de habilitação caso você seja abordado por uma Blitz policial.

O que fazer se atrasar o Seguro Obrigatório

Algumas medidas precisão ser tomadas para que você possa então regularizar a situação do IPVA 2019 MG atrasado do seu veículo.

O primeiro passo para se iniciar a regularização do seu documento é realizar a consulta das pendências do seu veículo no site do Detran MG no endereço www.detran.MG.gov.br, para que você consiga acessar as informações é necessário que tenha os seguintes dados:

  • Número do Renavam do veículo.
  • CPF do proprietário

Alguns estados permitem que os contribuintes possam emitir uma nova guia de recolhimento do imposto direto do site do Detran, o que torna o processo mais rápido e simples de ser feito através da internet.

Quando a nova guia é emitida pelo site ela já sai com todos os encargos e multas atualizados no valor total do documento com as devidas correções monetárias.

Assim que você emitir o novo documento atualizado verifique a nova data de vencimento para que possa realizar o pagamento dentro do novo prazo estabelecido.

Lembre-se que juntamente com o valor do imposto do IPVA 2019 atrasado você ainda pagará a taxa de Licenciamento do seu veículo e o DPVAT que é o seguro obrigatório.

Se o seu caso é um pouco mais complicado e você está com o IPVA dos anos anteriores atrasados também você deve ir até a Secretária da Fazenda do Minas Gerais ou do seu estado para negociar essa sua divida. Em alguns casos a dívida pode ser quitada até mesmo com opção de parcelamento do valor.

Para tentar evitar esses casos procure realizar o pagamento do seu IPVA 2019 MG dentro do prazo estabelecido, assim você ainda receberá o desconto que é dado aos que realizam o pagamento no prazo.

Eleições em Campo Grande, pode ter reviravolta e surpreender eleitores

Na corrida pela prefeitura de Campo Grande, a pré-candidata a prefeita, Vereadora Maria Inês Correia (PSD), pode ter mais um apoio de peso. Além da prefeita de Arapiraca, Célia Rocha (PTB), o Grupo afirmou que pode ter o apoio do ex-prefeito Arnaldo Higino, caso ele não dispute a eleição.

Eduardo Higino, filho da Vereadora Inês e sobrinho do Arnaldo Higino, não descarta essa possibilidade. “A gente já teve uma conversa, mas foi a muito tempo atrás, onde ele afirmou, se não sair candidato e por acaso tudo não volte como antes, existe a possibilidade de uma coligação” disse.

Já a esposa do ex-prefeito Arnaldo Higino, Prefeita de Olho d`Água Grande, Suzy Higino (PP), vai disputar a reeleição com o apoio do marido, contra o filho do ex-prefeito Antônio Lima, Josevânio Lima (PMDB), e o ex-prefeito José Adelson (PSDB). Segundo um integrante do grupo da prefeita Suzi Higino, a eleição em Olho d`Água Grande, não requer tanta preocupação, já que são três pré-candidatos. O foco vai ser Campo Grande. O integrante disse ainda que nunca ouviu falar nessa possibilidade, do Arnaldo Higino apoiar a cunhada Maria Inês em Campo Grande.

Do outro lado da disputa, apoiado pelo Senador Renan Calheiro (PMDB), está o ex-prefeito Cícero Pinheiro (PMDB), que na eleição de 2012, perdeu por uma pequena diferença de 103 votos.

A vereadora Maria Inez encontra-se insatisfeita com a atual administração de Campo Grande e por isso, quer o comando da Prefeitura em 2017.

Quando está próximo do momento de votação muitas pessoas se perguntam como saber o local de votação, para ter a resposta à isso, você pode acessar o Portal do TSE ou ir até o cartório eleitoral onde sua inscrição está situada.

SALDO BOLSA FAMÍLIA – Saiba como CONSULTAR

Saldo Bolsa Família – Atualmente o Programa Bolsa Família atende a um total de 13,9 milhões de famílias em todos os cantos do mapa brasileiro.

O programa de assistencialismo social é uma iniciativa do governo federal baseado na transferência de renda direta para famílias que se encontram em situação de pobreza (com renda entre R$77,01 a R$154 por membro) ou extrema pobreza (com renda de no máximo R$77 por familiar).

Dentre os principais objetivos do Bolsa Família estão:

  • Combate à fome, promovendo às famílias condições básicas de segurança nutricional e alimentar;
  • Combater a pobreza – e especialmente, a extrema pobreza – no país, o que gradativamente, diminui as privações vivenciadas pelas famílias;
  • Possibilitar o acesso a diversos serviços públicos, como os da rede de saúde, segurança alimentar, educação e assistência socioeconômica.
Programa Bolsa Família 2018
Programa Bolsa Família 2018

Para realizar a inscrição no programa todos os membros da família devem estar inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal, além da necessidade de manterem os seus dados sempre atualizados.

O Bolsa Família é baseado em dois diferentes tipos de pagamento do benefício:

  • Básico;
  • Variável.

Enquanto o básico é concedido no valor de R$77 para famílias extremamente pobres, o valor do benefício variável depende do número de gestantes, nutrizes, crianças e/ou adolescentes com até 16 anos (incompletos) na família.

Para cada membro da família nestas condições é realizado o pagamento de R$35. Cada grupo familiar pode ter, no máximo, cinco beneficiários – chegando a até R$175.

Além disso, há também os benefícios específicos: o variável jovem e o benefício para superação da extrema pobreza. As famílias que acumulam diferentes tipos de benefícios do Bolsa Família não podem ultrapassar o saldo mensal máximo no valor de R$336 mensais.

Se a sua família também é beneficiária do programa Bolsa Família 2018, cabe destacar que é possível consultar o saldo Bolsa Família 2018

das mais variadas formas. Vamos conferi-las?

Como consultar o Saldo Bolsa Família

Certamente uma das formas mais fáceis de conferir o seu saldo do Bolsa Família é pela própria internet, ou seja, no site da Caixa. Neste caso, basta entrar no Sibec – Sistema de Benefícios ao Cidadão ou acessar o site a seguir:

Lá, você poderá ainda escolher qual é o tipo de consulta ao Bolsa Família que deseja realizar:

  • Pelo seu estado (UF);
  • Pelo seu município;
  • Pela sua família.

consultar saldo

Em todos os casos é preciso informar o número do NIS – Número da Identificação Social – do responsável pelo cadastro da família no programa, além da senha que você já deve ter do cartão (de seis dígitos).

Quem precisa declarar o Imposto de Renda 2019

Mesmo sendo um imposto que atinge grande parte da sociedade, nem todo mundo é obrigado a realizar a declaração para a Receita Federal. Quem precisa declarar o Imposto de Renda 2019 são os contribuintes que recebem determinada quantidade de bens de direito, ou que tenham uma determinada renda.

Declaração do Imposto de Renda 2018
Declaração do Imposto de Renda 2018

A seguir mostraremos quais os requisitos uma pessoa precisa cumprir para realizar a declaração do Imposto de Renda 2019. Os requisitos que iremos mostrar valem para o ano base de 2017, e só é necessário se enquadrar em um dos requisitos para ser obrigado a declarar o Imposto de Renda. Confira:

  • Pessoa físicas que, durante o ano base, receberam rendimentos tributáveis acima de R$ 28.123,91;
  • Pessoa físicas que, durante o ano base, receberam rendimentos não-tributáveis acima de R$ 40.000,00;
  • Pessoas físicas que tenha em sua posse bens de direito (inclusive terra nua) com valor superior a R$ 300.000;
  • Trabalhadores rurais que, durante o ano base, tenham arrecadado um valor superior a 140.619,55 provenientes da atividade rural;
  • Pessoas que tenham posse ou que tenham movimentado qualquer quantidade de bens móveis em bolsa de valores ou mercado de bens mobiliários.

Cartão de Confirmação do Enem 2019

Depois que o candidato efetua sua inscrição no Enem e efetua a taxa de pagamento, da qual sabemos que não é válida para alunos de escola pública, o programa manda uma confirmação que chamamos de Cartão de Confirmação do ENEM, para esse ano os candidatos que fizeram a inscrição devem estar aguardando. Mas sabe-se que no final do mês o Cartão de Confirmação do ENEM 2019 ainda chegará para todos.

O programa do Enem envia para todos os inscritos o Cartão de Confirmação do ENEM 2019 onde a pessoa vai receber pelo Correios, pode ocorrer uma vez ou outra da pessoa não receber esse cartão, para esses casos o interessado pode imprimir no site do programa, pois lá tem essa opção. No site você consegue emitir esse documento.

Enem 2019
Enem 2019

Para emitir Cartão de Confirmação do ENEM 2019 você tem que entrar no site oficial do programa, que é esse aqui: http://enem.inep.gov.br/

Cartão de Confirmação do ENEM 2019

Saiba que esse documento é de extrema importância para você, porque é lá que vai conter os seus dados, como número de inscrição, onde você vai realizar a prova, ou seja, em que escola, a data, horário e tudo mais.

Quem já participou outras vezes do Enem, ou quem conhece o programa certamente sabe que a divisão dos alunos para fazer a prova é feita de acordo com a ordem alfabética, e cada escola cedida para esse programa fica com, digamos, uma “Letra” ou umas letras, por isso que você tem que saber para qual escola você ficou para realizar a prova.

Emitir Cartão de Confirmação do ENEM 2019 pelo site não tem erro, basta informar seus dados de cadastro corretamente e ir na opção para imprimir esse documento. Em caso de duvidas você também tem que entrar em contato com o telefone do Enem, onde eles podem também te ajudar e orientar sobre como imprimir Cartão de Confirmação do ENEM 2018 no site, então anote o telefone do programa: 0800 61 61 61.

Cartão de Confirmação Enem
Cartão de Confirmação Enem

Emitir Cartão de Confirmação do ENEM 2019

O Cartão de Confirmação do ENEM 2019 online não tem nenhum segredo, como você viu está tudo no site para os alunos terem acesso. É bom não deixar para a última hora, porque quem for fazer o Enem no final do ano saiba que o programa promete enviar essa documentação a todos os cadastrados até o meio do mês de outubro, até em torno do dia 14 você já é para ter recebido.

Caso você não receba aí sim você tem que imprimir no site o quanto antes. Porque esse documento não pode faltar, é importante tê-lo em mãos porque assim você sabe todos os seus dados desse programa e sabe onde você tem que realizar a sua prova do Exame Nacional do Ensino Médio, que é o mais importante também.